Fake news podem anular eleições | Fábio Campana

Fake news podem anular eleições

Segundo o que diz Luiz Fux, presidente do Tribunal Superior Eleitoral e ministro do Supremo Tribunal Federal, um candidato eleito com a divulgação de notícias falsas pode ser cassado, e a eleição, nessas condições, anulada.
Esta nova modalidade dará muito trabalho à Corte – é bom lembrar que a Câmara Federal vai renovar suas mais de 500 cadeiras.


2 comentários

  1. Doutor Prolegômeno
    terça-feira, 24 de abril de 2018 – 11:58 hs

    Esse cidadão fala demais. Ama as luzes da ribalta e a fama. A verdade é que este ano, graças ao pretório excelso legislador, que proibiu financiamento privado de campanhas, a taxa de renovação será ainda menor que a média, que não passa de 45%. Sem dinheiro (exceto o dinheiro do crime organizado violento, tráfico de drogas, de armas, etc) que vai se eleger são os milionários entediados e os políticos já conhecidos, corruptos ou não. O resto é papo furado e conversa fiada pra boi dormir.

  2. perguntar não ofende
    terça-feira, 24 de abril de 2018 – 16:50 hs

    O MINISTRO FUX CONHECE A HISTORIA DO FERREIRINHA??, O PARANA É CAMPEÃO EM FAKE NEWS ELEITORAIS. ALGUNS INCLUSIVE ESPALHADOS PELO PRÓPRIO CANDIDATO FICANDO PARA OS ELEITORES A IMPRESSÃO QUE SEU OPOSITOR ESTA QUERENDO LHE PREJUDICAR, MAS A VERDADE É QUE É PURA ARMAÇÃO. E AQUI TEMOS ARTISTAS E ARTEIROS

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*