Ex-ministro da Justiça e aliados de Lula conduzem acordo com PF | Fábio Campana

Ex-ministro da Justiça e aliados de Lula conduzem acordo com PF

Diante da decisão de Luiz Inácio Lula da Silva de não se apresentar à Justiça, advogados do ex-presidente e a direção do PT abriram um canal de negociação com a cúpula da Polícia Federal. O responsável pelo primeiro contato foi o ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardozo, que cancelou uma viagem para a Espanha e passou todo a sexta-feira, 6, na sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo, onde Lula está desde a noite de quinta-feira.

A partir de então, as negociações foram conduzidas, pelo lado de Lula, por três pessoas cujos nomes não foram divulgados. Em nome da PF, as conversas foram lideradas pelo delegado Igor Romário de Paulo, que afirmou que a possibilidade de entrar à força no sindicato era “remota”. “A prioridade é evitar confronto, o que faria inflar ainda mais os ânimos”, disse. As informações são do Estadão.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*