Dos absurdos verde-amarelos | Fábio Campana

Dos absurdos verde-amarelos

Júnior Brunelli ficou famoso quando o delator da operação Caixa de Pandora, Durval Barbosa, gravou um vídeo em que o político recebia propina e em seguida fazia uma oração, que ficou conhecida como Oração da Propina. Para se livrar do processo de cassação, renunciou ao mandato de deputado distrital – era 2009.
Em 2012 acabou indo preso por outro motivo: Operação Hofini, suspeito de ter desviado R$ 1,7 milhão em emendas parlamentares destinadas a idosos da Associação de Assistência Social Monte das Oliveiras.
Agora, o político-pastor anunciou filiação ao MDB. Será candidato no Distrito Federal.
Quando a gente pensa que nada mais pode surpreender, o Brasil vai além.
O vídeo da Oração da Propina:


2 comentários

  1. Daniel, o ateu atento
    sexta-feira, 13 de abril de 2018 – 13:46 hs

    Nojo absoluto por este pastor.

  2. Uncle Joe 100
    sexta-feira, 13 de abril de 2018 – 15:06 hs

    Enquanto votarmos seguindo a sugestão de uns e de outros vamos eleger canalhas e filhos de canalhas. Aí se o filho deste canalha corrupto for eleito a culpa será dos que o elegeram, tão canalhas quanto ele.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*