Dilma prega resistência à prisão de Lula | Fábio Campana

Dilma prega resistência
à prisão de Lula

No acampamento mobilizado próximo ao prédio da Polícia Federal em Curitiba, onde o ex-presidente Lula está preso, a ex-presidente Dilma Rousseff, que teve pedido de visita negado pela juíza Carolina Lebbos, disse que a missão das esquerdas, em relação à prisão de Lula, “é resistir”.

Para ela, a prisão é política “porque tem um motivo político: querem tirar Lula do processo eleitoral”, e também porque condenaram um inocente. “É estarrecedor que coloquem o Lula em condições tão precárias”, ressaltou; assista sua fala


9 comentários

  1. Flávio
    terça-feira, 24 de abril de 2018 – 8:08 hs

    Quem sabe logo logo ela fará companhia a ele, junto com o Zé Dirceu e muitos mais que roubaram o Brasil de4sde a época do mensalão que estes safados conseguiram se safar porque tinha um chefão que segurou todas as pontas. Será um dia a história do mensalão vai vir a tona igual a lava jato ????

  2. COMANDO
    terça-feira, 24 de abril de 2018 – 8:50 hs

    O teu ainda está assando, aguarde.

  3. Jaferrer
    terça-feira, 24 de abril de 2018 – 9:53 hs

    Uma imbecil que já deveria estar no ostracismo da política brasileira, mas como o brasileiro é mané… Está aí, medíocre como sempre.

  4. terça-feira, 24 de abril de 2018 – 10:01 hs

    Volto a dizer coloque esse verme em uma ilha no paranazao sem barco ou canoa porque nada eu suponho que essa praga não sabem

  5. Jose
    terça-feira, 24 de abril de 2018 – 10:09 hs

    calma nene, sua hora vai chegar, mas vc vai para ala feminina.

  6. PEDROCA DO SUDOESTE
    terça-feira, 24 de abril de 2018 – 10:20 hs

    Esses líderes petês vão lá,levam um pão e mortadela pro povo , discursam, depois vão embora . Por quê não ficam lá dormindo com eles, almoçando com eles, jantando com eles ? DUVIDOOOOO…….

  7. Parreiras Rodrigues
    terça-feira, 24 de abril de 2018 – 11:55 hs

    Cezar: logo agora que o Paranazão vê suas margens reflorestadas, suas ilhas libertas da pecuária, vegetação se restaurando, pessoal recolhendo lixo…
    Que tal Alcatraz?

  8. Do interior
    terça-feira, 24 de abril de 2018 – 12:22 hs

    Não conseguem derrubar nem ter provas da inocência do marginal e ficam berrando que a perseguição é política. Só trouxa acredita nesses marginais.

  9. RR
    terça-feira, 24 de abril de 2018 – 12:42 hs

    E eu PREGO FOGO nessa escória,corja de vagabundos.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*