Delator revela 'mensalão' aos deputados da ALERJ | Fábio Campana

Delator revela ‘mensalão’ aos deputados da ALERJ

Radar, VEJA

De acordo com a delação de Hudson Braga, a Fetranspor pagou até março de 2016 uma caixinha de um milhão de reais a Sergio Cabral. O dinheiro era entregue numa empresa de ônibus de São João Meriti.

Ao governo estadual, a empresa pagava cerca de dois milhões para que eles tivessem “boa vontade” quando surgissem assunto de seu interesse. Eles também contribuíram com valores para o TCE, Assembleia Legislativa e, não podia faltar, Jorge Picciani.

No total, foram pagos 25 milhões de reais. Após a campanha de 2014, a mesada de um milhão a Sergio Cabral começou a ser paga. Além disso, foi combinado o pagamento de 70 mil reais a Hudson Braga, mas como os pagamentos não eram regulares, o que era recebido acabava sendo entregue ao ex-governador.

Hudson Braga acrescenta que os deputados da base do governo na Assembleia Legislativa do Rio recebiam um “mensalão” de 3 milhões. A distribuição ficava a cargo do deputado Paulo Melo.


2 comentários

  1. QUESTIONADOR
    sexta-feira, 27 de abril de 2018 – 10:58 hs

    -Não vai dar em nada!!!
    -O Gilmar Mendes solta todo mundo desta tropa de bandidos!!!

  2. Juca
    sábado, 28 de abril de 2018 – 6:42 hs

    Ele não disse quanto Gilmar Mendes recebia mensalmente? Se não disse omitiu tal informação!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*