Defesa de Lula: 'Odebrecht manipulou provas' | Fábio Campana

Defesa de Lula: ‘Odebrecht manipulou provas’

Ontem, os advogados de Lula encaminharam documento com 14 páginas pedindo anulação das provas entregues pela Odebrecht no caso do sítio de Atibaia. Segundo eles, o material é ‘imprestável’.
Para a defesa do chefe do PT os documentos devem ser picados, queimados, desaparecidos, inutilizados, qualquer coisa, para evitar “futuras utilizações indevidas e, até mesmo, novas condenações criminais com base em documentos manipulados”.
Segundo a coluna Radar, o documento tem como base um laudo do perito Cláudio Wagner, contratado como assistente da defesa. Ele afirma em laudo que “além da inobservância, por parte do Ministério Público Federal, das normas e procedimentos estabelecidos para o recebimento das apontadas mídias oriundas da Odebrecht, o órgão ministerial “contaminou o material recebido alterando o seu estado original, fato que é mundialmente consagrado como inadmissível em matéria de prova digital forense”.

(Foto: Miguel Schincariol/AFP)


6 comentários

  1. MUITAS DÚVIDAS
    terça-feira, 3 de abril de 2018 – 12:21 hs

    Quando será então que a defesa de Lula vai entrar com processos de calúnia e difamação contra a Odebrecht e seus proprietários?

  2. Sempre de olho!
    terça-feira, 3 de abril de 2018 – 12:32 hs

    Agora que estão se achando por causa das manobras do STF, estava demorando para acusarem a mãe Odebrecht……

  3. Sergio R.
    terça-feira, 3 de abril de 2018 – 12:33 hs

    Perito contratado pela defesa? Haja paciência.

  4. BETÃO
    terça-feira, 3 de abril de 2018 – 12:46 hs

    Esse PORCO representa o câncer deste pais. Enquanto esse verme vagar, não teremos paz.

    CADEIAAAA

  5. terça-feira, 3 de abril de 2018 – 14:01 hs

    Muitas dúvidas nunca. Esse povo tá de brincadeira certo ?

  6. TO DE OLHO
    terça-feira, 3 de abril de 2018 – 22:29 hs

    Você devolveria para o LULA o BNDES, PETROBRÁS, BANCO CENTRAL, ITAIPÚ, BANCO DO BRASI, CAIXA ECONÔMICA DFEDERAL, E OUTROS ORÃOS DE CONTROLE DO PRESIDENTE

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*