Decisão do STF pode tirar Lula das mãos de Moro e TRF-4 | Fábio Campana

Decisão do STF pode tirar Lula das mãos de Moro e TRF-4

Coluna Painel,
A decisão da Segunda Turma do STF que tirou das mãos de Sergio Moro os trechos da delação da Odebrecht que citam Lula tem implicações para o futuro do ex-presidente no curto e no médio prazo. Para integrantes da corte, o entendimento da maioria dos ministros abre larga avenida não só para que duas ações penais a que o petista responde perante o juiz de Curitiba migrem para a Justiça de SP, como também tira a apreciação de eventuais recursos nesses casos da alçada do TRF-4.
Ministros do Supremo que não atuam na Segunda Turma avaliam que a declaração de incompetência de Moro nas ações sobre o sítio de Atibaia e a compra de um terreno para o instituto Lula não é automática, mas agora certamente será discutida.

A Justiça paulista terá que abrir inquérito para apurar as menções a Lula na delação da Odebrecht, e a defesa do petista está pronta para argumentar que a lei veda que alguém responda por um mesmo fato em dois juízos. Está aí o caminho das pedras para tirar o ex-presidente das mãos de Moro.

Em outra frente, a decisão da Segunda Turma do Supremo fortalece a alegação usada pela defesa de Lula em recursos apresentados contra o processo do tríplex, que levou o petista à prisão.

Nos recursos a cortes superiores, os advogados do ex-presidente argumentam que o próprio Moro reconheceu que não havia vínculo direto entre o dinheiro gasto pela OAS na reforma do imóvel e contratos da Petrobras.

Juristas estranharam a guinada da Segunda Turma, que havia negado por unanimidade pedido semelhante da defesa de Lula. Um observador do funcionamento da Justiça ironizou: “Gol de mão, em impedimento e após o tempo regulamentar”.

(Foto: Paulo Pinto/Fotos Públicas)


8 comentários

  1. quarta-feira, 25 de abril de 2018 – 11:37 hs

    O stf vai trazer o e exército pras ruas!!

  2. Doutor Prolegômeno
    quarta-feira, 25 de abril de 2018 – 12:08 hs

    O código de processo da santa inquisição já previa um único juízo universal do julgamento das heresias e anexos ao frei Tomás de Torquemada, a única autoridade provida das licenças divinas para acender as centelhas das fogueiras da verdade e obter as confissões dos hereges e infiéis. Ajoelhai-vos e confessai, ó hereges malditos. A simonia merece o fogo imolador. Arrependei-vos!!!

  3. troll
    quarta-feira, 25 de abril de 2018 – 12:09 hs

    Para falar a verdade, este assunto já encheu o saco!
    Moral da história – neste país, ladrão de colarinho branco está proibido de ir para a cadeia;
    O marco jurídico está aí para enriquecer advogados; para arrastar os processos a eternidade;para perpetuar a impunidade;para garantir o trabalho de blogueiros e analistas políticos de merda;para desnudar a politização do judiciário; para garantir um poder executivo também de merda; para estimular a inciativa privada a comprar tudo e todos
    Dito isto, eu vou a PQP e vocês ficam!

  4. Luiz Carlos Flávio
    quarta-feira, 25 de abril de 2018 – 12:24 hs

    Exército nas ruas o no STF, para acabar com a insegurança Jurídica que vem sendo construída pelos quatro PÁRIAS, que estão tentando acabar com a Lava-Jato, livrar da cadeia o chefe da ORCRIM e desestabilizar nossa DEMOCRACIA.

  5. quarta-feira, 25 de abril de 2018 – 12:36 hs

    FALA SÉRIO???????????????????????????????????????????

  6. RR
    quarta-feira, 25 de abril de 2018 – 14:23 hs

    SE ENCONTRAREM ESSE MINISTROZINHOS DE MERDA NA RUA,NOS AEROPORTOS,ENCHAM DE PORRADA.

  7. ESTAMOS DE OLHO
    quarta-feira, 25 de abril de 2018 – 16:02 hs

    CANALHAS E FIM DE PAPO

  8. Do interior
    quarta-feira, 25 de abril de 2018 – 20:21 hs

    PT e PMDB juntos estão trabalhando para afundar a lava jato. Esse STF é parcial. Vai dar merda. Depois não digam que não avisei.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*