Contra a gripe | Fábio Campana

Contra a gripe

Cerca de 3,2 milhões de paranaenses já podem receber a vacina contra a gripe. Em sete dias, foram aplicadas 484.584 doses, com cobertura de 20,40% dos grupos prioritários. As doses estão disponíveis em mais de 2.200 unidades de saúde.

A campanha de vacinação contra a Influenza segue até o dia primeiro de junho em todas as unidades de saúde do Estado. A superintendente de Vigilância em Saúde, Júlia Cordellini, recomenda que o público-alvo seja imunizado o quanto antes. O apelo é importante porque a vacina demora pelo menos 15 dias para fazer efeito após a aplicação.

“Este é o tempo que o corpo precisa para desenvolver as defesas necessárias contra o vírus Influenza, causador da gripe. Por isso, o ideal é que as pessoas não deixem para a última hora e procurem os postos de vacinação já nas primeiras semanas”, diz a superintendente.

Nesta campanha, o público-alvo são as pessoas com 60 anos ou mais, crianças de 6 meses a 4 anos de idade, gestantes, puérperas (mulheres em até 45 dias depois do parto), profissionais de saúde, indígenas, portadores de doenças crônicas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e professores das instituições públicas e privadas.

A meta de cobertura vacinal da Campanha contra a Gripe 2018 é atingir 90% do público-alvo. Na Campanha 2017, o Paraná bateu meta de vacinação, imunizando 2,7 milhões de paranaenses. Segundo o último Boletim da Influenza, divulgado na quarta-feira (25), o Estado contabilizava 34 casos de gripe e cinco mortes por influenza.


Um comentário

  1. RR
    sábado, 28 de abril de 2018 – 10:34 hs

    NESSA DE PRIORITÁRIOS,ESTÃO O LIXO QUE ESTA ATRÁS DAS GRADES PAGANDO POR CRIMES COMETIDOS,ENQUANTO O CIDADÃO QUE PAGA IMPOSTOS,NÃO TEM DIREITO,FORÇAS ARMADAS ASSUMAM LOGO E SALVEM NOVAMENTE O PAÍS.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*