Comitê de Direitos Humanos da ONU avalia queixa de Lula | Fábio Campana

Comitê de Direitos Humanos da ONU avalia queixa de Lula

O Comitê de Direitos Humanos da ONU começa a avaliar o pedido do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que seja solto enquanto seu processo ainda tramita. Uma eventual decisão favorável ao brasileiro, ainda que possa eventualmente criar uma pressão internacional, não tem poder vinculante e a entidade não conta com qualquer tipo de poder para exigir uma mudança nas ações do Brasil, informa o Estadão.

(Foto: Filipe Araujo/Fotos Publicas)


5 comentários

  1. troll
    segunda-feira, 9 de abril de 2018 – 15:34 hs

    Tem tanto valor quanto um posicionamento do Butão!!!
    Só rindo mesmo.

  2. Maquiavel
    segunda-feira, 9 de abril de 2018 – 15:52 hs

    Será que já avaliaram os casos da Venezuela, que estão à frente na fila…

  3. segunda-feira, 9 de abril de 2018 – 16:52 hs

    Acho que este Comitê de Direitos Humanos da ONU deveria avaliar era quantas pessoas morreram no Brasil por falta de hospitais, leitos, remédio, médicos, equipamentos hospitalares, por falta de conservação de estradas, pela violência, etc., e tudo isto porque os políticos se apoderam dos recursos do povo e o dinheiro que é desviado para paraísos fiscais, não chega ao destino para ser aplicado a contento. Porque o Comitê de Direitos Humanos da ONU não vai se meter na Síria, onde milhares de pessoas já morreram, inclusive com uso de armas químicas, outras tiveram de deixar seus lares, suas famílias viajando em barcos irregulares onde morrem centenas de pessoas no mar (a ONU se tornou um elefante branco, não tem forças nem consegue um cessar fogo para atendimento), quem determina é a Russia) e a Venezuela? Porque a ONU não faz nada? Lá o ditador deita e rola e ninguém toma providências e milhares de pessoas andam sem destino passando fome e sem ter onde morar, será que esta gente não tem direito ao amparo ao tão propalado “Direitos Humanos da ONU”?

  4. Jaferrer
    segunda-feira, 9 de abril de 2018 – 16:55 hs

    Pois é, tantos casos graves como o da Venezuela e da Síria e eles vão se debruçar sobre a palhaçada do 51? Não acredito; é mais um fake petralha.

  5. TO DE OLHO
    segunda-feira, 9 de abril de 2018 – 17:50 hs

    COM OS MINISTROS QUE O STF TEM ATUALMENTE, O PT NÃO PRECISA DE ADVOGADOS.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*