Carlos Biasi contesta | Fábio Campana

Carlos Biasi contesta

Carlos Biasi enviou nota ao blog em que contesta notícia veiculada sob o título PT se segura na FAO e em Itaipu, no dia de ontem, que você pode ler ao clicar no link. A resposta de Biasi é o que segue:

Sr Fabio Campana
Em atenção à matéria publicada no dia 9 de Abril de 2018 “PT se segura na FAO e em Itaipu e pelo respeito que sempre tive com este blogueiro, espero que esta informação seja prontamente corrigida para que a verdade dos fatos prevaleça.
Assim esclareço:
1- Deixei de integrar o escritório da FAO no dia 04 de dezembro de 2017.
2- Rechaço totalmente as informações mencionadas na nota, pois durante o período em que estive no escritório da FAO mantive uma postura desvinculada de relações partidárias, bem como não trato de questões político partidárias em redes sociais e nem em minhas relações pessoais ou institucionais.

3- Durante o período que atuamos na FAO, mantivemos com as Secretaria da Agricultura
e Emater dos três Estado do Sul, bem como com os órgãos representativos da
agricultura (cooperativas, federações, sindicatos, entidades de pesquisa, agentes
financeiros) diversas ações integradas visando o desenvolvimento do setor e dos
agricultores destes Estados em temas como agricultura familiar, energias renováveis,
alimentação, nutrição entre outros. Realizamos inúmeros eventos nos três estados do
sul nestes temas que podem ser perfeitamente comprovados nas noticias publicadas
nos meios de comunicação.
4- Considerando que dois órgãos internacionais (FAO e ITAIPU) e um Governo Estadual
(Paraná) estão envolvidos no acordo assinado, parece-me que as informações partem
de pessoas que desconhecem a seriedade dos mesmos e dos trabalhos desenvolvido
nestas parcerias e estas informações distorcidas só podem vir de interessados em
desmerecer as ações serias que desenvolvemos.
5- Finalmente coloco-me a disposição para esclarecer qualquer dúvida que ainda
persistam.
Atenciosamente
Carlos A F Biasi


Um comentário

  1. Brevilheri Jr
    terça-feira, 10 de abril de 2018 – 21:46 hs

    Essa história precisa ser bem contada. Desperdício de dinheiro para promover o combatre a fome sendo usado para turismo de pessoas usando o nome da FAO?
    Sergio Moro neles!!! Fábio, por favor, é necessário ir fundo nessa história.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*