Cantoria no Senado | Fábio Campana

Cantoria no Senado

Ontem tinha audiência pública na Comissão de Direitos Humanos do Senado. Foi substituída por uma “vigília em defesa da democracia e pela liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva”.
As manifestações foram de discurseira a cantoria. Petistas soltaram a voz: a ex-senadora e ministra Ideli Salvatti cantou “Juízo Final”, de Nelson Cavaquinho e Elcio Soares; o senador Paulo Rocha cantou “Azul da Cor do Mar”, de Tim Maia.
Comissão de Direitos Humanos do Senado, que tal?


5 comentários

  1. Luiz Eduardo
    quarta-feira, 11 de abril de 2018 – 11:15 hs

    Entendi. Comissão da MERDA HUMANA. Direitos humanos é para salvaguardar o cidadão de bem. BANDIDOS MERECEM DIREITO DESUMANOS OU DOS MANOS e o lula está entre eles. Chamá-lo de porco ofende ao animal que nos alimenta. LULA NO INFERNO! ESTE É O DIREITO DELE!

  2. Daniel, o ateu atento
    quarta-feira, 11 de abril de 2018 – 11:34 hs

    É para este tipo de palhaçada que eles gastam o nosso dinheiro?
    Que montem um circo.

  3. lika
    quarta-feira, 11 de abril de 2018 – 11:35 hs

    UAi, essa Ideli Salvati voltou.

  4. quarta-feira, 11 de abril de 2018 – 11:49 hs

    O Judiciário conseguiu dar uma bandeira e unificar a esquerda. O efeito colateral da prisão de Lula, suas consequências não planejadas, vão tornar a nossa democracia bem mais interessante!

  5. Do Interior...
    quarta-feira, 11 de abril de 2018 – 13:49 hs

    A música correta seria: “se gritar pega ladrão, não fica um meu irmão…”

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*