Acéfalo, PT acirra a guerra interna | Fábio Campana

Acéfalo, PT acirra a guerra interna


Acéfalo, sem uma liderança mobilizadora, o PT caminha para a sua autodestruição. O diagnóstico é de petistas nativos, que começam a discutir alternativas. A presidente nacional, Gleisi Hoffmann, é considerada despreparada para reerguer o partido. “Precisamos mais do que uma militante aloprada, com manifestações de histeria”. Será apenas uma questão de tempo, integrantes da cúpula do PT confessam temer o que virá com a saída do petista de cena. Esses dirigentes reconhecem o risco de acefalia e têm receio de que, com a ausência de seu principal líder, a sigla mergulhe em inédita guerra interna. O bate-cabeça que quase impediu o ex-presidente de se entregar mostra que há motivos para antever o pior.


3 comentários

  1. Uncle Joe 100
    domingo, 8 de abril de 2018 – 14:59 hs

    Hoje o pestismo se aprece com aquele filme, A Queda, quando o ditador alemão reclamava de todo mundo e todo mundo era culpado. Menos ele, é claro. O maluco traçava planos contando com forças que já não existiam mais, todos eram culpados e traidores. Depois que a casa cai é uma moleza achar culpados.

  2. NÃO VOTE EM QUEM JÁ FOI
    domingo, 8 de abril de 2018 – 20:38 hs

    No meu entender a Senadora Gleise Hoffman seria um ótimo nome para compor a chapa à Presidencia da República
    pelo PT. Carismática, bem falante, séria, honesta e diz o chambinho, boa de cama. O nome ideal do partido.

  3. Dr. Muar
    segunda-feira, 9 de abril de 2018 – 13:30 hs

    Ora, se Marcola, Cabeça Branca, Fernandinho Beira Mar e outros comandam seus negócios de dentro dos presídios, porque Lula não conseguiria comandar os rumos do PT?!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*