A nova face de Cuba | Fábio Campana

A nova face de Cuba

A Assembleia Nacional de Cuba se reuniu ontem para referendar a escolha do ditador cubano Raúl Castro para sua própria sucessão, com o titulo de “presidente”. Trata-se do vice-presidente Miguel Díaz-Canel Bermúdez, 58 anos, burocrata reconhecido pela fidelidade aos irmãos Castro.

Ele foi apresentado como “candidato único” ao posto de ditador. O novo presidente, que completa 58 anos nesta semana, assume a responsabilidade de guiar o país em circunstâncias inéditas. Pela primeira vez em seis décadas, Cuba não terá um Castro no comando.

Corpulento e grisalho, olhos azuis, reveladores de suas origens européias, Diaz-Canel é descendente de imigrantes das Astúrias, na Espanha. Nasceu em Placetas, na província cubana de Villa Clara. Ele é engenheiro formado na Universidade de Las Villas, onde depois virou professor. Em 1987, virou dirigente da União de Jovens Comunistas e ingressou na carreira política.


4 comentários

  1. Jãojão
    quinta-feira, 19 de abril de 2018 – 23:59 hs

    Nova face, mesma ditadura, socialismo e pobreza para população e vida nababesca aos ditadores!

    Parem de publicar coisa dessa bosta dessa ilha…

    A não ser que seja o pagamento das benfeitorias que o Lulamolusco e Dilmanta fizeram lá!

  2. HELENA
    sexta-feira, 20 de abril de 2018 – 0:28 hs

    Espero que seja apenas um olhar maquiavélico…

  3. Paulo Tadeu Macedo Neves
    sexta-feira, 20 de abril de 2018 – 8:24 hs

    Muito parecido com o ex marido da senadora Marta Supleci

  4. Doutor Prolegômeno
    sexta-feira, 20 de abril de 2018 – 11:19 hs

    A face do títere, do fantoche, do laranja de uma famiglia de ladrões e assassinos.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*