Perícia vai elucidar 'atentado' | Fábio Campana

Perícia vai elucidar ‘atentado’

O presidente da Associação dos Peritos Criminais Federais (APCF), Marcos Camargo, não comentou as suspeitas de armação no suposto atentado à caravana de Lula, no Paraná, mas “analisando apenas as fotos disponíveis, nenhuma das possibilidades já levantadas pode ser descartada”. Ele explica que o formato dos buracos das balas depende, entre outros fatores, da velocidade do veículo, da distância e da posição do atirador em relação ao veículo e do calibre da arma usada. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

“É necessário verificar os resíduos de pólvora na carroceria, identificar os estojos e projéteis resultantes dos disparos”, afirma Camargo. A APCF, presidida por Marcos Camargo, representa a carreira da Polícia Federal incumbida de fazer a análise científica das provas. O suposto atentado ocorreu em região dominada pelo MST, mais de 10 mil militantes. Quedas do Iguaçu é também reduto de Gleisi Hoffmann.


6 comentários

  1. BinLaden
    domingo, 1 de abril de 2018 – 9:43 hs

    Ainda não descobriram ? demorou…Foi a Jojo Todynho…

  2. ESTAMOS DE OLHO
    domingo, 1 de abril de 2018 – 11:48 hs

    SE E REDUTO DA POLACA GLEISI TA EXPLICADO
    A FARÇA,ATENTADO KKKKK.

  3. Tarzan
    domingo, 1 de abril de 2018 – 14:48 hs

    Onde tem petista sempre tem maracutaia, e esse episodio tem armacao dessa gang.

  4. domingo, 1 de abril de 2018 – 14:54 hs

    Pode parar com tudo correto ? Não foi tiro e sim algum guri caçando e disparou com o famoso estilingue ou seta como queiram. Pergunte ao MST se eles viram ok ?

  5. AMARANTE MELLO REGO
    domingo, 1 de abril de 2018 – 18:10 hs

    Foi a Gleise com toda certeza do blog.

  6. domingo, 1 de abril de 2018 – 18:10 hs

    Todos sabem de onde partir a idéia e de onde partiu os disparos,num lugar certo na hora certa!!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*