Ônibus da caravana de Lula é alvo de tiros no Paraná | Fábio Campana

Ônibus da caravana de Lula
é alvo de tiros no Paraná

Dois dos três ônibus da caravana do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foram atingidos por tiros, segundo pessoas que estavam dentro dos veículos. Os ônibus teriam sido alvos dos disparos quando deixaram a cidade de Quedas do Iguaçu, e seguiam para Laranjeira do Sul, ambas no Paraná. Segundo os relatos, o veículo que levava jornalistas convidados pela comitiva tem a marca de um tiro na lataria e ainda uma espécie de arranhão no vidro que teria sido provocada pelo projétil que ricocheteou. Ninguém saiu ferido. As informações são d’O Globo.

O outro ônibus, ainda segundo o PT, apresenta a marca de um tiro na lataria, pouco abaixo das janelas. O líder do PT na Câmara, Paulo Pimenta, informou que telefonou para o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, cobrando providência a respeito do episódio. O ônibus que transporta Lula não foi atingido.

Logo depois de discursar numa universidade em Laranjeira do Sul, o ex-presidente seguiu até a garagem para onde os veículos foram levados.

— Se pensam que com isso vão acabar com a minha disposição de brigar, estão enganados — disse Lula durante discurso a militantes em universidade de Larajeiras do Sul.

O PT informou que registrará um boletim de ocorrência e também pedirá perícia nos veículos. A presidente do partido, Gleisi Hoffmann, classificou de “emboscada” o ato contra os veículos da caravana.

— Queriam atingir o presidente Lula. Foi uma emboscada, uma tentiva de homicídio — disse Gleisi.

Segundo Antonio Soares, motorista que dirigia o ônibus com os jornalistas, assim que o ônibus foi atingido todos pensaram se tratar de uma pedrada. Ele contou ainda que, em seguida, verificou que dois pneus também foram furados por um objeto cortante.

A comitiva tem viagem marcada esta noite para Curitiba.

No Twitter, no pefil @Lula pelo Brasil, o ex-presidente diz que a caravana “está sendo perseguida por grupos fascistas. Já atiraram ovos, pedras. Hoje deram até um tiro no ônibus”.

Mais cedo, em Quedas do Iguaçu, o ex-presidente chamou de “selvageria” os atos contra ele na região. Ao discursar na praça central do município, Lula afirmou que aceita “todo tipo de protesto, o que não se aceita é a violência”.

— Nunca tinha assistido uma selvageria como estamos assistindo agora, de um grupo de pessoas que eu não sei quem são, que nos esperam em cada trevo com pau, pedra e bomba para tentar evitar que a nossa caravana chegue no lugar que está marcado — afirmou o ex-presidente.

Sobre a condenação de 12 anos e um mês no caso do tríplex, o ex-presidente colocou sob suspeita a credibilidade dos responsáveis pela punição.

— Tem um processo contra mim que eu já fui condenado. Eu ficou pensando: ou estou louco ou quem me condenou está louco.

A caravana pela região Sul completa nesta terça-feira o seu 9º dia.

— Em todas as cidades, tinha caminhão, tinha pau e tinha pedra — disse Lula.

Quedas do Iguaçu é cercada de assentamentos do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto. O locutor do evento de Lula referiu-se ao município como capital nacional da reforma agrária. Ao discursar antes dos líderes petistas, a presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (RS), agradeceu de “coração” ao movimento e disse que a caravana é “da paz”.

— Vocês têm sido aguerridos. Quem está fazendo a segurança do presidente Lula nas terras paraenses é o MST. Obrigado por vocês cuidarem do presidente Lula — afirmou.


7 comentários

  1. César Alberto Coutinho
    terça-feira, 27 de março de 2018 – 21:58 hs

    O povo ruim de mira, tinham que atirado com bazuca, afinal quem mata ladrão tem cem anos de perdão

  2. terça-feira, 27 de março de 2018 – 22:59 hs

    É ou não é armação dos petralhas ? Não acertou ninguém ? Ji

  3. Djair
    terça-feira, 27 de março de 2018 – 23:06 hs

    Bandido solto é nisso que dá! Pensaram que ele estava fugindo deram um aviso para que fosse feita a prisão do meliante e sua organcrim.

  4. Roberto Oliveira
    quarta-feira, 28 de março de 2018 – 8:33 hs

    Ruim de mira? Isso não passa de armação!! O PT é especialista em pousar como vítima!! Não sou idiota de acreditar numa novela “venezuelana” dessas…Ninguém faz isso melhor do que a alma mais honesta deste País!!

  5. quarta-feira, 28 de março de 2018 – 8:55 hs

    Se conseguir localizar o franco atirador, vão observar que usava roupa vermelha, para se passarem por vítimas! Atirar em um ônibus e não ferir ninguém é muita coincidência, em dois ônibus então… nem se fala, a não ser que vão atribuir o milagre a Lula

  6. BETÃO
    quarta-feira, 28 de março de 2018 – 9:28 hs

    Senhores.

    inicialmente gostaria que fosse retificado aonde se diz CARAVANA para CAMPANHA ELEITORAL ILEGAL E ANTECIPADA.

    Não é possível que este sujeito queira ser recebido com fogos de artifício e sorrisos largos depois de ter quebrado o Brasil, mentido em todos os cantos do pais, enganado o cidadão comum e assaltado os cofres públicos a ponto de ser atualmente um CONDENADO e com todas as provas em Direito admitidas.

    Esse bandido tem que criar vergonha na cara, respeitar os cidadãos e parar com isso.

    E você dona Gleis, respeite povo do Paraná.

  7. quarta-feira, 28 de março de 2018 – 9:36 hs

    Só faltava colocar a polícia para escoltar bandido é mole ? Eu sei que polícia escolta bandidos para ser ouvido em Forum ou estou errado ?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*