Salvo o navio que encalhou em Paranaguá | Fábio Campana

Salvo o navio que encalhou
em Paranaguá

Atualização: As operações de desencalhe do navio Kona Traders foram concluídas com sucesso. A causa do acidente foi um colapso dos motores da embarcação, que transporta 62 mil toneladas de fertilizantes que serão desembarcadas no Porto de Paranaguá.

UO Kona Traders, um navio graneleiro de grande porte, de 224 toneladas, encalhou na tarde de ontem, quinta-feira (15), no Canal da Galheta, próximo à praia, em Pontal do Paraná. O acidente ocorreu por volta das 16:30, informou a Capitania dos Portos do Paraná.

O Canal de Galheta, que dá acesso aos Portos do Paraná, é artificial e foi aberto na década de 1970, o que possibilitou ao Porto de Paranaguá se posicionar como o segundo maior porto público da América Latina e uma das maiores plataformas de exportação de grãos do mundo. Há 20 anos o Porto de Paranaguá não passava por dragagem de aprofundamento quando, em março do ano passado, foi feito um trabalho de drenagem no local.


2 comentários

  1. Baden Baden
    sexta-feira, 16 de março de 2018 – 11:43 hs

    Acho que a capacidade do navio é 224 MIL toneladas!

  2. Mari
    sexta-feira, 16 de março de 2018 – 22:53 hs

    Navio encalhado em Pontal do Paraná mostrando que o mar não é suficientemente profundo para grandes navios!E querem destruir Pontal do Paraná colocando um porto lá. O líder do projeto é um Carioca. Quem foi para o Rio de Janeiro sente de longe o mau cheiro na cidade que é portuária. Este tipo de empreendimento gera um enorme custo social como tráfico, prostituição etc para pouco benefício econômico, que fica na mão de uma minoria. E as estradas de ferro, mundialmente usadas para escoar grãos??Cadê?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*