Municípios recebem máquinas para recuperação de estradas rurais | Fábio Campana

Municípios recebem máquinas para recuperação de estradas rurais


As prefeituras do Paraná estão recebendo mais 36 máquinas pesadas para recuperação e manutenção de estradas rurais. Os equipamentos foram comprados com recursos da União (R$ 14,3 milhões) destinados pela bancada federal no Congresso. A vice-governadora, Cida Borghetti, e o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, acompanharam a entrega dos equipamentos, nesta segunda-feira (5), em Curitiba.

“Os novos maquinários vão proporcionar o escoamento da nossa produção com mais fluidez e eficiência. Também aumentam a segurança para o transporte das crianças às escolas.”, disse Cida.

As máquinas fazem parte de um pacote de mais 500 equipamentos que vão beneficiar cerca de 300 municípios ainda este ano em todo o Estado. Nesta primeira fase foram entregues duas retroescavadeiras, 12 escavadeiras hidráulicas, 21 motoniveldoras e um compactador. Foram investidos R$ 14,3 milhões.

“Esta entrega busca conceder a infraestrutura necessária para os municípios. O meio rural tem garantido a retomada de crescimento do Brasil, gerando emprego e oportunidades para o país. O estado do Paraná é exemplo disto. Apenas teremos desenvolvimento pleno se envolvermos os municípios”, afirmou o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho.

Acompanharam as entregas, o ministro da Saúde, Ricardo Barros, os deputados federais Toninho Wandscheer, Osmar Serraglio, Sérgio Souza, Sandro Alex, Diego Garcia, Aliel Machado, Christiane Yared, Dilceu Sperafico e Fernando Francischini, o deputado estadual José Carlos Schiavinato, o diretor presidente do Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar), Júlio Félix, o diretor presidente da Codapar, Silvestre Dimas Staniszewski (Tino) e demais prefeitos, vereadores e lideranças.


Um comentário

  1. Luiz Flávio
    terça-feira, 6 de março de 2018 – 8:25 hs

    Londrina tá no balaio de gato? Recebeu quantas máquinas?
    Por que nossas estradas rurais continuam péssimas, mesmo depois da saída do Kireeff.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*