MC revoga resolução que obrigava novo curso para renovação da CNH | Fábio Campana

MC revoga resolução que obrigava novo curso para renovação da CNH

Neste sábado (17) por meio de nota, o Ministério das Cidades anunciou que será revogada a resolução do Contran que tornava obrigatória a realização e aprovação em curso de aperfeiçoamento para motoristas renovarem a carteira nacional de habilitação (CNH). Segundo a pasta, a revogação acontecerá no próximo dia útil. As informações são do Diário do Poder.

O ministério alegou que a revogação se dará para “não afetar a rotina dos condutores que precisam renovar suas carteiras de habilitação/CNHs por todo o Brasil”. E ressaltou que a medida também irá reduzir custos. “Esta ação acontece em conformidade com os objetivos do Governo Federal, de reduzir custos e facilitar a vida do brasileiro”

A resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) estabelecia que, a partir de 6 junho, os condutores das categorias A e B teriam que passar por curso de reciclagem e se submeter a exames aptidão física e mental para renovar a CNH. Os cursos seria composto por dez aulas e, para que os motoristas renovassem a documentação, deveriam obter um resultado favorável de, pelo menos, 70% da prova.


4 comentários

  1. Luiz Eduardo
    domingo, 18 de março de 2018 – 9:51 hs

    Que tragédia este governo do Temer e seus assessores. Só fazem merda e estas merdas uma vez publicadas sujam ainda mais este governo ilegítimo, arraigado do PT e adversário do povo. Tenho ódio de gente burra, que parece chegar a insanidade. Há medidas que afetam diretamente o povo e a imagem que rica são aquelas já comentadas ( roubo). Um mau governante que não sabe escolher a assessoria e ainda pensa em reeleição? Está brincando com o povo? Ignorantes de marca maior.

  2. Palpiteiro
    domingo, 18 de março de 2018 – 11:21 hs

    Ainda bem. Era mais uma medida para arrancar dinheiro dos brasileiros para alimentar cartórios de parasitas. O Brasil é um país onde tirar carteira é tão complicado quanto tirar brevê

  3. alcir martins de sousa
    domingo, 18 de março de 2018 – 17:04 hs

    A maioria dos motoristas conhecem as regras e quem comete infrações graves não é por falta de conhecimento, assim o correto é punir com rigor os infratores tendo mais fiscalizações.
    Mais cursos só iria trazer prejuízo milhares de motoristas corretos tanto em dinheiro como em perda de tempo
    Seria interessante premiar quem dirige corretamente,incentivando a não cometer infrações, dando para vai renovar a cnh sem ter cometido nenhuma infração um desconto de 80% no custo.
    aí sim, mas sempre aparece medidas para encarecer mais os serviços
    abs

  4. segunda-feira, 19 de março de 2018 – 9:55 hs

    é só fazer o certo , aulas teóricas de direção e leis de trânsito já na pré escola, ai o cidadão já vem preparado para o trânsito, mas… fazer o certo é quase impossível para esses governos !

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*