J Malucelli pagou propinas | Fábio Campana

J Malucelli pagou propinas

A empreiteira paranaense J.Malucelli, uma das integrantes do consórcio bilionário da usina de Belo Monte, no Pará, pagou propinas para favorecer o empreendimento, entre elas a de R$ 173 mil para um sobrinho do ex-ministro Delfim Netto, Luiz Appolonio Neto.

A Polícia Federal fez buscas e apreensões em três endereços da empreiteira em Curitiba. Havia mais um mandado que não foi cumprido. O alvo era a casa de Celso Jacomel, executivo da J. Malucelli, mas ele não foi encontrado. Segundo informações, mudou-se para o exterior.


3 comentários

  1. QUESTIONADOR
    sexta-feira, 9 de março de 2018 – 12:26 hs

    -“A Polícia Federal fez buscas e apreensões em três endereços da empreiteira em Curitiba. Havia mais um mandado que não foi cumprido. O alvo era a casa de Celso Jacomel, executivo da J. Malucelli, mas ele não foi encontrado. Segundo informações, mudou-se para o exterior”…na verdade fugiu mesmo…
    -E agora Joel o que fazer??
    -Será que o Álvaro Dias ainda via querer seu apoio??
    -Seja como for, até se apurar todas as responsabilidade, Álvaro Dias deverá por as barbas de molho…acho que sua candidatura para Presidência está com os dias contados!!!

  2. Doutor Prolegômeno
    sexta-feira, 9 de março de 2018 – 14:02 hs

    E por que alguém abriria mão de tomar posse e ganhar foro privilegiado e ainda proteção contra prisão sem autorização da casa??

  3. Tonho
    sexta-feira, 9 de março de 2018 – 15:42 hs

    Deve ter gente se borrando todo..

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*