Decisão sobre réus sem rosto | Fábio Campana

Decisão sobre réus sem rosto

Segundo a coluna Painel, a pressão de advogados e defensores públicos para que o STF reanalise na próxima semana a jurisprudência que autoriza a prisão após condenação em segunda instância ganhou eco entre ministros da corte.
Ao menos quatro integrantes do Supremo já admitem que o ideal seria votar as ações que questionam o mérito da regra geral no dia 4 de abril, antes do julgamento do habeas corpus do ex-presidente Lula.
Uma decisão sobre réus sem rosto, dizem, diminuiria a exposição do tribunal.


3 comentários

  1. Chibata
    terça-feira, 27 de março de 2018 – 10:58 hs

    Estão vendo o tamanho da NABA … E soltarão o RABÃO preso ??? Parece que SIM !!! Veremos >>>>…

  2. Parreiras Rodrigues
    terça-feira, 27 de março de 2018 – 11:05 hs

    O sistema judiciário brasileiro me faz lembrar as juntas governativas montadas durante os anos da baioneta.
    A atual, paradoxalmente, a gente pode chamar de Grupo dos Onze.
    Pessoas que não receberam voto algum e que lá estão graças à simpatia de dois ex-presidentes, um condenado por corrupção e lavagem de dinheiro, outro – isso, masculino, defenestrado e que transferiu ao seu antes querido vice, hoje golpista, um legado de 13 milhões de desempregados, inflação de dois dígitos, o caraio. No meio deles, um que reprovou em diversos concursos e não conseguia montar uma ordem de despejo. Eca…

  3. terça-feira, 27 de março de 2018 – 11:43 hs

    SÓ UM DETALHE, TEM MAIS DE 200 MILHÕES DE BRASILEIROS DE OLHO EM VOÇES????????????????????????????????

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*