Coronéis da PM do Rio ganham mais que general interventor | Fábio Campana

Coronéis da PM do Rio ganham mais que general interventor

O desmantelo nas contas públicas do governo do Rio de Janeiro já foi sentida pelos membros da intervenção federal na segurança do Estado. Na Polícia Militar, principal alvo da medida, há coronéis recebendo até 50% mais que o soldo mensal do general de Exército Braga Netto, que está no topo da carreira. O salário no teto constitucional, algo impensável em patentes superiores nas Forças Armadas, é corriqueiro na PM do Rio. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

No final da carreira, o salário do general Braga Netto gira em torno de R$ 22 mil. Já o de coronéis na PM do Rio atinge os R$33 mil mensais. Em 2016, no Rio, havia 230 coronéis na ativa e 1.045 aposentados. O salário médio de R$26,5 mil é superior aos vencimentos dos generais.

Durante o governo de Sérgio Cabral, condenado a mais de 100 anos de prisão, a PMERJ chegou a ter 36 coronéis sem função definida.


2 comentários

  1. quinta-feira, 8 de março de 2018 – 14:28 hs

    E AINDA TEM ÁQUELES, QUE SE FAZEM DE OTÁRIOS SÓ PARA PASSAR BATIDO DE TODA ESSA LAMBANÇA POLITICALHA!!!

  2. Paulo José Martins
    sexta-feira, 9 de março de 2018 – 22:43 hs

    Cambada de PM corrupta, achacadores de traficantes e assaltantes, 30 anos atrás, por isso a coisa descambou para esta situação, e ganhando salários incompatíveis com o serviço apresentado.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*