A barra pesou em Curitiba, dez pessoas baleadas | Fábio Campana

A barra pesou em Curitiba,
dez pessoas baleadas


Dez pessoas foram baleadas neste sábado (3) e na madrugada deste domingo. A primeira ocorrência foi registrada na Vila Córbelia, Cidade Industrial de Curitiba. A situação aconteceu no noite quando seis pessoas foram baleadas em um confronto entre dois grupos. Um dos envolvidos estaria armado com uma metralhadora e houve um intenso tiroteio no local.

Um rapaz identificado por Gabriel foi baleado e morreu no local. Os outros baleados foram socorridos pelos amigos e encaminhados a Unidade de Pronto Atendimento do Fazendinha (UPA) 24 horas. Um dos baleados já chegou sem vida à UPA. Os outros foram socorridos pelo Siate e encaminhados para os hospitais Evangélico e Trabalhador. Já no final da noite de sábado um homem foi morto a tiros na Vila Corbélia. A motivação e autoria ainda são desconhecidas. Ainda na noite de sábado, um homem foi assassinado a tiros na Estrada Velha do Barigui.

No início da madrugada de domingo (4), dois bandidos armados roubaram uma Hilux na Rua Itupava, no bairro Alto da XV e fugiram. No Contorno Sul uma viatura avistou a Hilux e houve acompanhamento tático. Na Rua Eduardo Sprada um grande cerco policial foi montado e a dupla acabou batendo a Hilux. Houve confronto com os assaltantes. Os dois marginais foram baleados.

O Siate chegou a ser acionado, mas eles não resistiram e morreram no local. Os policiais não ficaram feridos no confronto.


5 comentários

  1. VANDO PIERRE
    domingo, 4 de março de 2018 – 13:51 hs

    Não faz muito tempo que o paraná era tido como território respeitado pelas grandes quadrilhas pois aqui a segurança publica era dirigida por pessoas dotadas de perfis técnicos e estratégicos. Nesse período foram criados diversas equipes especializadas – COPE, TIGRE, AGUIA etc.. que só admitiam em seus quadros policiais com perfis e treinamentos especializados.
    Hoje, tudo mudou e, pra pior. Os critérios exigidos para chefetes de policia são os da subserviências ao poder politico, ao ministério publico e judiciário, basta olhar para os currículos daqueles que exerceram e exercem os comandos da PC, PM e SESP. Capachos dos governos em busca de vaidades e benefícios próprios em detrimento de uma coletividade.

  2. Sergio Silvestre
    domingo, 4 de março de 2018 – 15:21 hs

    So falta o Enio Morricone para a trilha sonora,Curitiba é um bang bang
    Sem fim

  3. Parreiras Rodrigues
    segunda-feira, 5 de março de 2018 – 9:48 hs

    Não entendi o Vando: A matéria conta que os bandidos levaram a pior.
    Aliás, estão sempre levando a pior, em todos os confrontos.

  4. segunda-feira, 5 de março de 2018 – 10:16 hs

    Parreiras leu e não entendeu, foi briga de gangues , não teve polícia no meio!

  5. Zé da Bota
    segunda-feira, 5 de março de 2018 – 10:31 hs

    Falando a verdade…… não se perdeu nada nesta “contenda”.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*