Wesley Batista deixa carceragem da PF em São Paulo | Fábio Campana

Wesley Batista deixa carceragem da PF em São Paulo

O empresário Wesley Batista deixou a carceragem da Polícia Federal, em São Paulo, antes das 3h desta quarta-feira, 21. Ele estava preso desde setembro do ano passado.

Por ordem do Superior Tribunal de Justiça (STJ), o irmão de Joesley Batista ficará de tornozeleira eletrônica e poderá responder de casa ao processo em que é acusado de cometer “insider trading”, que é o uso de informação privilegiada para lucrar no mercado financeiro. As informações são do Estadão.

A decisão do STJ também alcança Joesley que, no entanto, seguirá preso. Contra o empresário, há outro pedido de prisão preventiva – este autorizado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) por ter supostamente omitido informações de sua delação.

A decisão da Sexta Turma STJ foi apertada, com 3 votos a favor 2 contra a saída dos irmãos da cadeia. Ao final, ficou decidido que, no lugar da prisão, serão aplicadas outras medidas cautelares, como o comparecimento periódico em juízo, a proibição de sair do País e de operar no mercado.


3 comentários

  1. quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018 – 9:52 hs

    Uma bosta esse judiciário, aplicar medidas cautelares, poça vergonha

  2. Parreiras Rodrigues
    quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018 – 10:05 hs

    Funciona assim: O cidadão rouba, e muito e se enriquece. Investigado, preso, tem grana para sustentar uma boa banca de advogados que se vale das diversas brechas na legislação brasileira, mais furada que peneira.
    O “zé mané”, delito qualquer vai em cana. Advogado dativo. Para ele, pro “zé” só a primeira instância. E tome cana.

  3. Doutor Prolegômeno
    quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018 – 10:39 hs

    Oh, my Goodness, vai ficar preso entre obras de arte, tapetes persas, champanhe francês e caviar beluga… terrível hard luck…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*