Temer não prova que está vivo e fica sem aposentadoria | Fábio Campana

Temer não prova que está vivo e fica sem aposentadoria

Em novembro e dezembro, Michel Temer teve R$ 90 mil a menos na contabilidade.
Como ex-servidor do governo de São Paulo ele recebe R$ 45 mil mensais, mas em setembro, mês de seu aniversário, não compareceu na São Paulo Previdência para fazer a ‘prova de vida’ e acabou tendo a grana suspensa. Mas a situação está sendo regularizada e ele vai receber os retroativos.
Temer, apesar de querer a reforma da Previdência com a explicação popular de que é preciso combater privilégios, se aposentou aos 58 anos de idade.

(Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino)


3 comentários

  1. Jose Nascimento
    sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018 – 16:25 hs

    Vige Santinha, vamos ter que economizar muito para pagar a aposentadoria dos políticos, e depois pensão das viúvas. imagine o cara recebe tanta aposentadoria e pensão, que a falta de 90 mi na contabilidade nem e notada, quem precisa fazer reforma da previdência é o povo, que recebe 10% do que se gasta com aposentadoria no Brasil, ai que saudade da minha Patagônia seu Fabio Campana.

  2. Uncle Joe 100
    sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018 – 17:34 hs

    Pobrezinho, não teve tempo de passar lá na repartição que cuida da aposentadoria dele, estava mais preocupado em tratar a próstata.

  3. Daniel Fernandes
    domingo, 4 de fevereiro de 2018 – 19:38 hs

    É este o verme que quer reforma da Previdência… fala sério…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*