R$ 283 milhões para modernizar internet nas escolas do Paraná | Fábio Campana

R$ 283 milhões para modernizar internet nas escolas do Paraná

O governador Beto Richa anunciou nesta quarta-feira (28), R$ 283 milhões do programa Escola Conectada que vai modernizar os sistemas de informática dos colégios da rede estadual com aquisição de equipamentos e melhorias da rede de Internet das escolas. Os recursos fazem parte do maior pacote de investimentos da história da educação do Paraná. Ao todo, foram destinados aproximadamente R$ 600 milhões para projetos de infraestrutura de escolas e Apaes, além da reforma do Colégio Estadual do Paraná e do aumento de 100% no valor do fundo rotativo repassado às instituições de ensino estaduais.

Durante o evento, que reuniu milhares de pessoas, Richa assinou o contrato do último colégio contemplado pelo Escola 1000, programa que destinou R$ 100 milhões para obras de melhorias em mil instituições da rede estadual. “É um dia histórico para o Paraná e marcante para a educação pública do Estado. Um grande anúncio que fecha com chave de ouro o último ano de governo, comprovando na prática o compromisso que assumimos de tratar a educação pública como prioridade absoluta da nossa gestão”, ressaltou.


8 comentários

  1. quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018 – 20:35 hs

    Legal ! Será que ele poderia disponibilizar alguma sobra para p soldos da polícia militar? Desde que me conheço por gente meu pai na década de 50 já era capacho do governo certo

  2. Daniel, o ateu atento
    quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018 – 21:58 hs

    Muito bem.
    Já tem grana, já tem equipamento.
    Só falta o principal: que as escolas eduquem direito.
    E além de escolas que eduquem direito, pais que eduquem seus filhos direito, para que eles deixem de ir para a escola comportando-se como bandidos em miniatura, os professores tendo de tomar para si a tarefa de professores e pais.
    E precisamos também de menos pais que briguem com o professor quando ele chama a atenção do seu filho.
    Na rede privada, já vi professor ser demitido por ter ousado chamar a atenção de um ‘queridinho do papai e da mamãe’.
    No rede pública, como os professores não podem ser demitidos por isso, o que acontece é bate-boca entre pais e professores, pelo fato de o professor ter ousado chamar a atenção do bonitinho…

  3. Daniel, o ateu atento
    quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018 – 22:09 hs

    Pois em muitos casos, o professor não é mais professor.
    Ele, especialmente nas séries mais avançadas (a partir da sétima) do primeiro grau, e todo o segundo grau, é refém dos alunos.
    Cansei de ver e saber de tais histórias.
    E isto é culpa dos pais, que não se dão ao trabalho de educar os seus rebentos.

  4. Sapo Eletrico
    quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018 – 23:00 hs

    É uma grande coisa esse investimento.
    Vejamos o exemplo do RJ e do RS que não tem dinheiro nem para pagar os professores.

  5. quinta-feira, 1 de março de 2018 – 7:27 hs

    Agora falta os Professores deixarem de ser DOUTRINADOS por uma AAP/SINDICATO/PT/Vermelho e passar a dar Aulas de verdade, sem ideologias políticas e de gênero e passar Conhecimento e Cultura para os nossos filhos! Pedir para os Pais ensinar RESPEITO aos filhos.

  6. quinta-feira, 1 de março de 2018 – 7:27 hs

    APP

  7. tadeu rocha
    quinta-feira, 1 de março de 2018 – 7:58 hs

    está chegando as eleições, as promessas estão aparecendo, pior que nós mesmo acreditamos nisso, passa anos e nada, vamos mudar brasil, professores do paraná etc, chegou hora de dar a resposta de tudo que voces passaram eu acho ou não

  8. QUASE BOM
    quinta-feira, 1 de março de 2018 – 9:10 hs

    Agora só falta colocar telhas novas nas escolas para não chover mais dentro das salas e danificar os computadores. Vinho novo em odres velhos não resolve.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*