Polícia identifica homem contratado para matar casal na Praça do Japão | Fábio Campana

Polícia identifica homem contratado para matar casal na Praça do Japão

da Banda B

Um ano e três meses após o crime, a Polícia Civil identificou nesta segunda-feira (26) o homem responsável pela morte de um casal na Praça do Japão, em Curitiba. De acordo com as investigações, o autor dos disparos é Matheus Willian Marconde Guedes, de 20 anos, que já estava preso por participação no assassinado do o fiscal de combustíveis, Fabrízzio Machado da Silva.

Em entrevista à Banda B, a delegada Sabrina Alexandrino explicou que o caso é bastante complexo, mas uma testemunha chave possibilitou a resolução do caso. “Ouvimos diversas pessoas e pedimos várias perícias, identificando uma quadrilha de matadores. Por conta de um crime anterior, conseguimos confrontar os disparos que atingiram as vítimas com um revólver e chegar até o responsável”, comentou.

O casal Joel Mioranza, 27 anos, e Lorene Godinho Walski, 29 anos, morreu em novembro de 2016. Um mandado de prisão preventiva, expedido pela 1ª Vara Privativa do Juri, foi cumprido contra o suspeito, que já estava preso desde maio do ano passado pela participação do assassinato de Fabrízzio.

Guedes teria sido contratado por outra pessoa para assassinar Mioranza por causa de uma dívida de drogas. Lorene também acabou sendo baleada por ter gritado no momento do crime, caracterizando uma queima de arquivo.

Guedes foi reconhecido por testemunhas como o suspeito dos disparos. Ao ser interrogado ele preferiu permanecer em silêncio. Agora ele permanece à disposição da Justiça.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*