Dinheiro sujo | Fábio Campana

Dinheiro sujo

Está em votação na Assembleia Legislativa do Paraná projeto de lei que obriga estabelecimentos bancários e financeiros a instalar em seus caixas eletrônicos equipamentos antifurto que manchem de tinta as cédulas de dinheiro em casos de tentativa e de explosão dos terminais. A matéria é de autoria de Luiz Claudio Romanelli (PSB): “A proteção por tinta é considerada hoje, no mundo todo, o meio mais seguro e eficiente de proteger o dinheiro, os negócios e a vida humana. Os criminosos rapidamente aprendem que onde existe proteção por entintamento é impossível ter acesso às cédulas, o que, certamente, diminui a violência, protege o cidadão e garante maior segurança a todos”.


2 comentários

  1. segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018 – 15:07 hs

    Deputado Romanelli, importante as iniciativas que visem a proteger os cidadãos, e que desestimulem os furtos aos caixas eletrônicos, pois hoje são alvos preferenciais da bandidagem.

  2. Toribio
    segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018 – 16:12 hs

    Prender, condenar e manter preso bandido da muito trabalho, mais facil passar a responsabilidade e o custo pro cidadão e as empresas mesmo.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*