Auxílio-tudo para os juízes do Rio | Fábio Campana

Auxílio-tudo para os juízes do Rio

Para quem se revolta com o auxílio-moradia dos juízes, uma notícia nada agradável. Os magistrados do Rio de Janeiro, graças a uma assinatura de Sergio Cabral em 2012, recebem uma série de ajudinhas extras para dar uma mão nas despesas com transporte, moradia, refeição e educação dos filhos até completarem 24 anos.
Juízes e desembargadores têm direito a verba mensal de R$ 1.136,53 para pagar mensalidade escolar. Quem tem três filhos, teto máximo, embolsa R$ 3,4 mil. Se a mensalidade for menor do que o valor do auxílio, a diferença cobre matrícula, material e uniforme.
E no caso de o filho estudar em instituição pública, a verba vem no começo do ano, com a justificativa de ressarcir as despesas de material e uniforme.


2 comentários

  1. Doutor Prolegômeno
    segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018 – 11:34 hs

    Picanha pouca, meu acém primeiro…

  2. Daniel Fernandes
    segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018 – 11:56 hs

    É que eles são muito pobres… Coitadinhos.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*