A ex que nunca foi | Fábio Campana

A ex que nunca foi

A ministra Cármen Lúcia cassou ontem uma liminar do STJ (Superior Tribunal de Justiça) que havia autorizado a posse da deputada Cristiane Brasil como ministra do Trabalho. Segundo a ministra, a competência para julgar esse caso não era do STJ e, sim, do STF.
Na prática, até que o plenário do Supremo julgue o caso, a posse de Cristiane fica suspensa, conforme decisão anterior de Cármen Lúcia.
Cristiane Brasil foi nomeada Ministra no início do ano e desde então tenta tomar posse.


3 comentários

  1. FUI !!!
    quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018 – 15:29 hs

    É bom que o julgamento dela no STF dure o suficiente para extin-
    guirem o Ministério do Trabalho que assim como outros são uma
    mero “tapa buraco”.

  2. PIMENTA PURA
    quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018 – 15:30 hs

    Se for para colocar uma condenada por processo trabalhista no
    Ministério do Trabalho é bom escolher o beira mar para o Ministério
    da Justiça.

  3. quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018 – 22:35 hs

    Gostei do título….

    A EX QUE NUNCA FOI

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*