Temer terá semana cheia dedicada à reforma da Previdência | Fábio Campana

Temer terá semana cheia dedicada à reforma da Previdência

De volta de sua viagem a Davos, o presidente Michel Temer terá uma semana cheia e cancelou a viagem que faria a Portugal na próxima sexta-feira (2), por ocasião da 13ª Cimeira Brasil-Portugal. Segundo um assessor, o presidente decidiu não viajar para a cúpula bilateral para dedicar-se à reforma da Previdência. O governo precisa garantir os 308 votos necessários para aprovar a matéria, prevista para ser votada em 19 de fevereiro. As informações são da Agência Brasil.


Um comentário

  1. Luiz Eduardo
    domingo, 28 de janeiro de 2018 – 18:02 hs

    É tanta insistência deste temer em aprovar a reforma da previdência que, com certeza, há neste meio, conchavo com banqueiros por causa da previdência privada. Tal reforma é tão injusta que mexe com os mais fracos e já oprimidos, deixando de fora os poder legislativo e o judiciário. A crítica ainda se consolida no caso de casais com idade avançada em que a mulher dedicou-se ao lar e não terá tempo de investir numa previdência privada para compensar o que vai perder como pensionista com o falecimento do homem. Este item deveria ficar fora da reforma da previdência, pois a perda de remuneração á significativa. O pior é que o brasileiro paga muitos impostos e não recebe o retorno destes impostos pagos. Não estão mexendo com o legislativo pois estes são os corruptos e o judiciário defende os corruptos. Não aprovem esta merda de reforma injusta e sacana, pois o vagabundo do temer está barganhando ou melhor, comprando os deputados para a aprovação da mesma, o que não combina com os desejos do povo. Reforma somente se for para absolutamente todos, sem exceções.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*