Peixe fraco | Fábio Campana

Peixe fraco

Depois da Carne Fraca chegou a vez dos pescados.
A União Europeia apontou falhas no setor e não vai mais aceitar os pescados brasileiros até que falhas sejam corrigidas, com destaque para lagosta e atum.
Seis fábricas exportadoras foram apontadas pelos europeus com problemas nos controles sanitários e as vendas foram suspensas. Mas isso só vale para os gringos, o mercado interno não foi afetado.
O novo vexame atinge 4 mil empregos e um faturamento anual em torno dos US$ 62 milhões.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*