Negociatas pela reforma | Fábio Campana

Negociatas pela reforma

O esforço do governo para aprovar a reforma da Previdência continua.
Agora, a ordem é editar uma medida provisória para resgatar emendas parlamentares de 2017 para 2018.
Isso porque, no final do ano passado, Michel Temer reteve as emendas para ver se os parlamentares apoiariam a reforma.
Quando constatou-se que ela não seria votada, os ministérios fizeram uma força tarefa para postergar o assunto.
A medida fez com que vários congressistas ficassem irritados. Eles congestionaram o telefone do líder governista, Carlos Marun, no dia 2 de janeiro.
Como resultado prático, a multiplicação de emendas trará um rombo ainda maior ao orçamento da União.
As informações são da coluna Radar.

(Foto: Adriano Machado/AFP)


Um comentário

  1. Uncle Joe 100
    quarta-feira, 10 de janeiro de 2018 – 17:48 hs

    Ladrões como Paulo Maluf se sentem até mal quando ficando sabendo que não passam de meros batedores de carteira, quando comparados com a cambada aliada do presidento Dilmo. Com certeza até um finório larápio como o seu Zé Dirceu, deve ficar enrubescido com a desfaçatez e o descaramento destes ladrões do dinheiros públicos que compõe este desgoverno do presidento Dilmo.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*