Doria diz que nome de Marisa Letícia em viaduto é homenagem 'injusta' | Fábio Campana

Doria diz que nome de Marisa Letícia em viaduto é homenagem ‘injusta’

Estadão

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), cancelou o evento de inauguração do viaduto que será batizado com o nome da ex-primeira-dama Marisa Letícia, na zona sul da capital paulista. A Prefeitura ainda classificou a homenagem à mulher do ex-presidente Lula como injusta”.

O projeto que dá ao viaduto do M’Boi Mirim o nome de Dona Marisa Letícia foi sancionado na última sexta-feira, 29, pelo prefeito em exercício de São Paulo, Milton Leite (DEM), depois de ter sido aprovado pela Câmara de Vereadores. A previsão era que a obra fosse inaugurada na próxima quarta-feira, 3.

Em nota, a prefeitura afirma que, “por determinação do prefeito João Doria”, cancelou o evento de inauguração do viaduto, mas que a via será aberta ao trânsito no dia previsto.

A nota afirma ainda que “a escolha do nome do viaduto é prerrogativa da Câmara Municipal e fruto de um acordo entre a maioria dos vereadores — e apenas por isso respeitado pela administração municipal, apesar da discordância do prefeito em relação à injusta homenagem prestada a alguém envolvido no maior escândalo de corrupção já registrado no país e que nunca morou na cidade nem jamais lhe trouxe qualquer benefício”.


9 comentários

  1. fabio
    segunda-feira, 1 de janeiro de 2018 – 21:14 hs

    Esses tucanos socialistas, volta atrás porque o bicho pegou, são eternos “em cima do muro!”

  2. PIMENTA PURA
    terça-feira, 2 de janeiro de 2018 – 6:29 hs

    Com estas babaquices os políticos provam que dentro da “caxola”
    só tem “m”. O que tem a mulher do Lula a ver com homenagem !?

  3. Do interior
    terça-feira, 2 de janeiro de 2018 – 10:31 hs

    Que tal batizar o viaduto como ” A dama e o vagabundo “?.

  4. Clovis Duarte
    terça-feira, 2 de janeiro de 2018 – 10:41 hs

    E é mesmo. Só porque a inútil morreu? O que essa mulher fez pelo pelo Brasil ou por São Paulo??? Lembrei…. se aposentou na Cara sem nunca ter trabalhado… país de povo bandido

  5. terça-feira, 2 de janeiro de 2018 – 12:40 hs

    SE FOSSE O MALUF, ESTAVA TUDO CERTO NÉ?
    SERES HUMANOS QUE RACINHA HEÍN.

  6. rodrigues
    terça-feira, 2 de janeiro de 2018 – 14:55 hs

    Essa mulher fez o que …… para ser homenageada, será que não tem na cidade, uma professora, médica, para tal, por favor, homenagear qualquer um…..

  7. Helena
    terça-feira, 2 de janeiro de 2018 – 18:51 hs

    Se ficar com este nome mesmo,aconselho a ninguém passar neste viaduto, pois correm o risco de ficarem sem seus pertences e até mesmo seus veículos. Alma penada estará querendo relembrar seus costumes e de seu maridinho…

  8. Sergio Silvestre
    terça-feira, 2 de janeiro de 2018 – 18:58 hs

    O certo é fazer uma enquete para saber para que serve uma bostinha de homem daquele.Deve ser banha de capivara ,não serve pra nada,.

  9. quarta-feira, 3 de janeiro de 2018 – 8:38 hs

    “Passa o rodo Dória. Sem cerimonia. Vete isso. Homenagear corrupto é uma afronta as pessoas de bem desse País. E você estará rasgando tua biografia se concordar. Se empenhe pessoalmente para reverter. Mudaram o nome de uma escola no RJ que se chamava Presidente Médici para o o facínora criminoso ‘Marighella’ ? Não deixe isso acontecer em São Paulo…” – Profº Celso Bonfim

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*