De volta às manchetes | Fábio Campana

De volta às manchetes

Ideli Salvatti, que foi ministra de Dilma e quando sua presidente teve que remanejar a companheirada, lhe arrumou uma sinecura na Organização dos Estados Americanos (OEA), lá em Washington.
Pois, pois, semana passada Ideli estrelou nas manchetes como novo alvo da Lava Jato, coisa de repasse para sua campanha de 2010 ao governo de Santa Catarina em troca de favores políticos. Quem depurou foi o ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado.
Agora ela resolveu que vai aproveitar o palco petista montado em Porto Alegre para cantar a mesma música do coro dos companheiros: ‘sou inocente, cadê as provas?’.

(Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)


6 comentários

  1. Antonio Alvaro Rosar
    segunda-feira, 22 de janeiro de 2018 – 12:11 hs

    Demorou!

  2. Sergio Silvestre
    segunda-feira, 22 de janeiro de 2018 – 14:19 hs

    E verdade Campana”cade as provas?

  3. segunda-feira, 22 de janeiro de 2018 – 14:45 hs

    estão com o MORO !

  4. PEDROCA DO SUDOESTE
    segunda-feira, 22 de janeiro de 2018 – 14:47 hs

    Olha, resido aqui em Santa Catarina, o povo daqui não está com saudades alguma dessa cidadã. Aliás, tem um amontoado de obras,dos tempos dela ,seu Lula e Dona Dilma por aqui inacabadas, a BR de Navegantes a Blumenau, vieram umas 03 vezes fazer lançamento,se elegeram várias eleições. Não faz falta alguma. Aqui em Bombinhas,pode até vir, mas sómente para tomar um banho de praia.

  5. NÃO VOTE EM QUEM JÁ FOI
    segunda-feira, 22 de janeiro de 2018 – 15:20 hs

    Bunda tatuada, já comprou aqueles lencóis de casal para poder enxugar as lágrimas a partir de quarta feira?

  6. Sapo Eletrico
    segunda-feira, 22 de janeiro de 2018 – 23:33 hs

    SINECURA – (do latim sine, “sem” e cura, “cuidado”) é um tipo de emprego ou função, quase sempre em cargo público, e que praticamente não requer responsabilidade, trabalho ou serviço ativo. Historicamente, as sinecuras servem como instrumento de poder dos governantes, que as concedem em troca de favores políticos.

    Aprendi mais uma!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*