Bombeiros e PM são detidos pelados em guarita de salva-vidas | Fábio Campana

Bombeiros e PM são detidos pelados em guarita de salva-vidas

Banda B,

Quatro pessoas foram flagradas nuas em uma guarita de salva-vidas no balneário de Coroados, em Guaratuba, Litoral do Paraná, na madrugada de hoje.
Dois bombeiros militares, uma soldado da Polícia Militar e uma civil, conhecida dos militares, estavam como vieram ao mundo dentro do local, usado para o armazenamento dos equipamentos de resgates do Corpo de Bombeiros.
Tudo começou depois que uma testemunha ouviu tiros vindos da guarita. Ela acionou a PM, que foi até o local e encontrou os casais pelados. A soldado da PM prontamente identificou-se e ainda confessou que atirou duas vezes, enquanto os bombeiros uma vez cada. Eles não entraram em detalhes sobre o que faziam no local. O que se sabe é que tudo daria certo, mas resolveram brincar de ‘tiro ao alvo’ e acabou saindo pela culatra.

A arma da soldado, lotada no Batalhão do Litoral do Paraná, foi apreendida e os quatro envolvidos levados à sede da PM em Guaratuba.

A Banda B pediu um retorno sobre o caso junto à PM, que enviou a seguinte nota:

A corporação informa que todas as providências em relação ao fato ocorrido na manhã desta sexta-feira (05/01/18) em Guaratuba, litoral do Paraná, já foram adotas no sentido de apurar o que realmente houve no local. A policial militar, que ingressou na corporação em 2016, e os dois bombeiros (que ingressaram na corporação em 2012), foram autuados em flagrante por disparo de arma de fogo.

A arma de fogo foi apreendida para perícia. Os bombeiros já foram desligados do Verão Paraná e substituídos por outros para que não haja prejuízo ao atendimento do veranista.

A Corporação informa que não compactua com desvios de conduta de seus integrantes, seja policial ou bombeiro militar, e que busca a elucidação de todos os fatos. Ao final, se restar comprovada responsabilidade para qualquer um dos envolvidos os instrumentos adequados de saneamento são adotados na forma legal, sendo respeitados os direitos ao devido processo legal, à ampla defesa e ao contraditório.


11 comentários

  1. NÃO VOTE EM QUEM JÁ FOI
    sexta-feira, 5 de janeiro de 2018 – 21:53 hs

    Surubão.

  2. Janaina Fernanda
    sexta-feira, 5 de janeiro de 2018 – 23:09 hs

    Resumindo estavam fazendo uma suruba já que todos juntos ..virou sacanagem ..atentado ao pudor não mas usaram um local que é da corporação para fazer sexo lá vonte…cadê a corregedoria para esçrachar estas e estes

  3. Paula Moraes
    sábado, 6 de janeiro de 2018 – 8:21 hs

    Vergonha…e o povo é que paga o treinamento desses bandidos, inclusive as balas que gastaram…..treinamento bom esse

  4. troll
    sábado, 6 de janeiro de 2018 – 9:31 hs

    E o “pau” comeu…. kkkkkk….

  5. Vingador das Araucárias
    sábado, 6 de janeiro de 2018 – 9:51 hs

    Eles estavam se preparando para o programa Largados e Pelados, ou Pelados e Largados exibido na televisão….

  6. sábado, 6 de janeiro de 2018 – 10:43 hs

    NÃO SEI PORQUE O ESPANTO, FAZEM EM VIATURAS, DENTRO DE DELEGACIAS, DAS PRISÕES, ETC!!!.
    NO BRASIL ISSO É NORMAL TCHÊ!!!

  7. Sergio Silvestre
    sábado, 6 de janeiro de 2018 – 11:18 hs

    A ostra engolindo o peixe espada.

  8. Juca
    sábado, 6 de janeiro de 2018 – 15:21 hs

    Se ela dava conta dos três o problema é dela o estado paga, já que ele está a ser comunista,chora esquerdopatas.deixa a suruba rolar.

  9. falido e ainda mal pago
    sábado, 6 de janeiro de 2018 – 21:34 hs

    Tudo normal! Este nosso país é uma suruba mesmo…

  10. Kaka
    domingo, 7 de janeiro de 2018 – 12:25 hs

    Nós sabemos o que estavam fazendo lá, só a PM que não sabe.

  11. NÃO VOTE EM QUEM JÁ FOI
    segunda-feira, 8 de janeiro de 2018 – 15:11 hs

    Juca, eram dois casais, coisa dificil de ver hoje em dia, uma vez que a viadagem está mais na moda.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*