Após condenação de Lula, Ibovespa bate novo recorde | Fábio Campana

Após condenação de Lula, Ibovespa bate novo recorde

O Ibovespa, principal indicador de desempenho das ações negociadas na B3 (antiga BM&F Bovespa), bateu novo recorde hoje (26), encerrando o dia com 85.530 pontos. A pontuação indica alta de 2,21% em relação ao pregão anterior. O volume negociado somou R$ 16,138 bilhões.

As maiores altas foram verificadas nas ações da Cemig PN N1, Viavarejo UNT N2, Rumo S.A. ON NM, Gerdau PN N1 e Itaú Unibanco PN N1. A maior pontuação até então tinha sido de 83.680, registrada há dois dias, em 24 de janeiro. Desde o dia 2 de janeiro, o indicador vem batendo sua marca histórica sucessivamente.


3 comentários

  1. PEDROCA DO SUDOESTE
    domingo, 28 de janeiro de 2018 – 9:23 hs

    Isso serve para a thurma do PT observar que o mercado econômico não acredita, não confia mais no PT.

  2. Sergio Silvestre
    domingo, 28 de janeiro de 2018 – 12:30 hs

    Que legal,os ricos cada vez ficando mais ricos e quem paga esse rentismo é o pobre .

  3. xiru de palmas
    segunda-feira, 29 de janeiro de 2018 – 8:04 hs

    Isto vem a confirmar o que eu já entendia e há muito tempo comentava.
    Esta crise instalada após a reeleição da Dilma nada tinha a haver com crise de governo e sim um conluio entre os setores de produção e a oposição ao governo da Dilma para desestabilizar o pais economicamente.
    Os políticos fazendo oposição insana e os produtores diminuindo o volume de fabricação (mas majorando preços – afinal não ficam sem os seus extratosféricos lucros), colocando milhares de trabalhadores no olho da rua.
    Estas majorações de preço induziram à inflação.
    Agora, o que está acontecendo:
    Os preços não baixaram, seus lucros continuam violentos, abriram-se novos empregos, pois há necessidade de aumentar a produção, com isso o poder de compra da população aumenta o suficiente para o consumo.
    Em suma toda este mistifórdio político/econômico serviu para que as classes dominantes aumentassem seus rendimentos.
    A bolsa pode chegar aos 90.000 pontos, mas para a nossa classe sofrida e trabalhadora os índices de poder aquisitivo só diminuem, observados individualmente.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*