A farra uruguaia | Fábio Campana

A farra uruguaia

Os nossos senadores não economizaram na passagem aérea no ano passado. O destino favorito foi, de longe, Montevidéu. A maior parte das visitas justificadas por reuniões do Mercosul. Requião, do PMDB, foi sete vezes e gastou R$ 30.994 reais por conta do erário.

Na verdade, a bancada de senadores do Paraná é a que mais gastou com viagens oficiais no ano passado. Apenas Roberto Requião (PMDB) gastou 49 752 reais. Gleisi Hoffmann (PT) foi mais modesta em suas andanças: 14 809 reais. Álvaro Dias (PODE), de acordo com o Portal da Transparência, não gastou nada.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*