386 anos de prisão para Cunha | Fábio Campana

386 anos de prisão para Cunha

Os rapazes da foto de Luis Macedo são Eduardo Cunha e Henrique Eduardo Alves, num cochicho na Câmara dos Deputados num tempo em que ainda achavam que os sussurros de bastidores jamais viriam à tona.
Agora, nas alegações finais da operação Sépsis, que investiga desvios no fundo de investimentos do FI-FGTS, o Ministério Público Federal pediu à Justiça que os dois ex-presidentes da Câmara sejam condenados, respectivamente, a penas de 386 anos e de 78 anos de prisão. Cunha por corrupção passiva e ativa, lavagem de dinheiro e prevaricação; Alves por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.
Os dois estão presos, um aqui no Paraná outro no Rio Grande do Norte.


4 comentários

  1. NÃO VOTE EM QUEM JÁ FOI
    terça-feira, 16 de janeiro de 2018 – 15:19 hs

    A vantagem é que depois de cumprida 1/6 da pena eles já podem ir para o regime semi aberto.

  2. FUI !!!
    quarta-feira, 17 de janeiro de 2018 – 7:18 hs

    Mesmo com esta lei medíocre da redução da pena depois de
    cumprir parte dela (1/4 ou 1/6…), na idade destes caras cumprir
    dez anos atrás das grades é acabar a vida vendo o sol nascer
    quadrado. Merecido, pois o que temos de mais valioso neste mundo
    é a saúde e LIBERDADE !!! O resto é resto…

  3. FCarraro
    quarta-feira, 17 de janeiro de 2018 – 9:59 hs

    Esse país precisa construir presídios especiais para idosos…

  4. Do interior
    quarta-feira, 17 de janeiro de 2018 – 11:08 hs

    Cadê a turma do PT que diz que o Eduardo Cunha não é investigado?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*