Reforma da Previdência foi adiada para não constranger parlamentares | Fábio Campana

Reforma da Previdência foi adiada para não constranger parlamentares

O Globo

Com a votação da reforma da Previdência adiada em mais dois meses, o presidente Michel Temer afirmou ter certeza de que a proposta será aprovada e que é apoiada por “boa parte da população”. Nesta sexta-feira, na posse do deputado Carlos Marun (PMDB-MS) na Secretaria de Governo, Temer declarou ainda que até a oposição tem “compreensão oculta” da importância da reforma.

— Vai ficar para fevereiro? Ótimo, porque nós contamos votos. Não queremos constranger deputados e senadores — afirmou Temer, que declarou não ter a “menor dúvida” sobre a aprovação da mudança nas aposentadorias e pensões, e contou ter apoio até dos opositores da medida:

— Temos a compreensão ainda que oculta dos líderes da oposição. Não é uma questão de governo, mas de Estado.


Um comentário

  1. sexta-feira, 15 de dezembro de 2017 – 20:39 hs

    A verdade é que, magicamente, o cofre fica cheio na virado do ano. Muito dinheiro e alguns novos cargos. Tudo certo, tudo definido.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*