Raquel Dodge tesoura benefícios | Fábio Campana

Raquel Dodge tesoura benefícios

Você sabia que um procurador da República, no topo da carreira, quando é transferido de cidade poderia receber até 90 mil reais?
A grana era uma ajuda de custo para que a autoridade se instalasse no novo endereço e era calculada de acordo com o tamanho da família: um filho, 30 mil; dois filhos, 60 mil; três filhos, 90 mil reais.
Raquel Dodge tesourou. A partir de hoje, a ajuda para transferência está estipulada em R$ 30 mil, independente do números de dependentes.


5 comentários

  1. terça-feira, 5 de dezembro de 2017 – 16:37 hs

    ENTÃO SÃO ESSES QUE VENDEM CONCEITOS DE MORALIZAÇÃO????

  2. terça-feira, 5 de dezembro de 2017 – 17:37 hs

    AINDA É DEMAIS, MAS SE TDS PENSASSEM ASSIM, DEVAGARINHO ESSE PAIS ENTRARIA NOS EIXOS.MEUS PARABÉNS PROCURADORA.

  3. Rogerio Santana
    terça-feira, 5 de dezembro de 2017 – 20:30 hs

    bando de picaretas e saqueadores do dinheiro suado do trabalhador…. Até quando o pais vai concordar com essa roubalheira?

  4. Luiz Eduardo
    terça-feira, 5 de dezembro de 2017 – 22:56 hs

    Ao considerar que eles ganham o auxílio moradia estes 30 paus ainda é muito.

  5. Observador
    quarta-feira, 6 de dezembro de 2017 – 11:05 hs

    Que engraçado a manchete: Raquel Dodge tesoura benefícios. “estipula a ajuda para transferência em R$ 30.000,00.” Deveria ter vergonha na cara e respeitar o teto constitucional para esses saqueadores do dinheiro público, gerado pelos impostos elevadíssimos que pagamos. Esses saqueadores, devem levar a mudança de avião, na primeira classe. E os demais auxílios, ela vai tesourar tbem? Vergonha…vergonha.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*