Por 8 votos, Presidente do Peru escapa de impeachment | Fábio Campana

Por 8 votos, Presidente do Peru escapa de impeachment

O Globo

O presidente do Perú, Pedro Pablo Kuczynski, se livrou nesta sexta-feira de ser destituído pelo Congresso, depois da oposição não conseguir os 87 votos necessários para declarar a vacância do cargo, após uma sessão parlamentar de 14 horas. Kuczynski se defendeu diante do Congresso pela manhã afirmando que jamais recebeu um suborno em seus esforços para evitar sofrer um impeachment por seus vínculos com a construtora brasileira Odebrecht, que admitiu ter transferido US$ 4,8 milhões a empresas financeiras ligadas ao presidente.

— Não foi aprovado o pedido de impeachment por incapacidade moral permanente — disse o presidente do Congresso, o fujimorista Luis Galarreta, depois da votação, que teve 79 votos a favor da destituição, 19 contra e 21 abstenções. Para retirar o chefe de Estado do poder eram necessários 87 votos.

“Peruanos. Amanhã começa um novo capítulo em nossa história: reconciliação e reconstrução de nosso país. Uma só força, um só Peru”, escreveu o presidente no Twitter.


Um comentário

  1. Sergio Silvestre
    sexta-feira, 22 de dezembro de 2017 – 11:00 hs

    Impeachment só para republica de bananas.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*