Osmar Dias e o assunto que não desgruda | Fábio Campana

Osmar Dias e o assunto
que não desgruda

Não é mole não. A coluna Radar da Veja requenta a informação de que a Justiça Federal de Brasília abriu inquérito para investigar Osmar Dias, que foi citado em delação premiada pelo executivo da Odebrecht Ambiental, Fernando Luiz Ayres da Cunha Santos Reis. Em depoimento prestado à Procuradoria-Geral da República (PGR) em 13 de dezembro de 2016, Reis disse que a campanha eleitoral de Osmar ao governo do Paraná, no ano de 2010, teria recebido R$ 500 mil por meio de caixa 2 (ou seja, sem prestação de contas oficial à Justiça Eleitoral).

Osmar Dias contestou a delação. Disse que nunca viu e nem sabia da existência de Fernando Reis, que jamais recebeu dinheiro da Odebrecht e que os recursos de sua campanha em 2010 vieram do diretório nacional do PDT. Informação confirmada por Carlos Lupi, presidente nacional do partido.

Uma coisa é certa. Enquanto não encerrar esse caso na Justiça, Osmar terá que encarar o uso político e eleitoral desse assunto. No Brasil, a Justiça, em casos como esse, costuma tardar.


4 comentários

  1. Palpiteiro
    sábado, 9 de dezembro de 2017 – 11:24 hs

    Nesta fase do Brasil, delação vale mais que qualquer outra prova. É o novo Estado Novo.

  2. CLOVIS PENA - REQUENTADO
    sábado, 9 de dezembro de 2017 – 18:12 hs

    Dois aspectos positivos para Osmar com esta notícia. O primeiro é que não encontraram outra denúncia ou crítica para fazer. O segundo é que é mais do mesmo, e logo o povo vai ficar de saco cheio de ouvir isto.

  3. Sergio Silvestre
    sábado, 9 de dezembro de 2017 – 19:00 hs

    Será que vão arrumar um Gaievisk para o Osmar aqui no blog?

  4. FERNANDO
    sábado, 9 de dezembro de 2017 – 21:25 hs

    Caro Fabio, têm muita sujeira para sair ainda do Osmar Dias, essa é somente o começo. Fiquei chateado do Chefe da Casa Civil, o Senhor Rossoni, onde esta semana foi se humilhar para o Osmar Dias sair candidato a Governador. Quero aqui falar Senhor Rossoni, se este safado Petista assumir o Governo do Estado ele nem vai te receber no Palácio Iguaçu e também os Deputados Estaduais. Quero aqui sugerir uma ideia as pessoas do bem hoje no Paraná, Beto Richa, Ratinho Junior a Vice Governadora Cida e seu marido, devem sentar em uma mesa e dialogar para sair uma candidatura única ao Governo do Estado em 2018, caso contrário, estarão entregando de mão beijada o Governo para esse picareta. É sabido de todos do mais alto empresário até o catador de lixo no Paraná, que os irmãos Dias ficaram ricos na política e o Álvaro Dias votou contra a reforma Trabalhista, votou a favor da continuação da Cobrança Sindical Obrigatória. Em suma votou a favor da MÁFIA dos Sindicatos.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*