O que vem pela frente? | Fábio Campana

O que vem pela frente?

Foi-se 2017. Um ano para não ser lembrado, dizem políticos tensos, angustiados, temerosos de ter o mesmo fim dos alcançados pela Lava Jato. Foi um ano miserável. Ano do Joesley, do Wesley, dos acordos obscenos entre os Batista donos da JBS e o abominável procurador Rodrigo Janot. Ano em que Michel Temer mostrou como se negocia com o Congresso e se mantém o mandato. Um ano porco, sintetiza um político nativo.
E 2018 como será? Será atípico. Vai passar rápido demais. Com o Carnaval em fevereiro e a Copa do Mundo entre junho e julho. Teremos uma campanha eleitoral curta, de apenas 60 dias. “Antes da final, ninguém vai falar de política, com exceção da imprensa”, explica o presidente do Ibope, Carlos Augusto Montenegro.
Leia mais


Um comentário

  1. Doutor Prolegômeno
    sexta-feira, 8 de dezembro de 2017 – 13:26 hs

    Não se preocupe, 2018 será ainda muito pior. É só conferir.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*