Maia anti-Lula | Fábio Campana

Maia anti-Lula

Radar On-Line, VEJA

Durante a reunião organizada por Michel Temer, domingo, no Palácio Jaburu, Rodrigo Maia apelou ao maior temor dos líderes da base aliada para pedir empenho na busca de votos favoráveis à reforma da Previdência.

Ele construiu o raciocínio de que, se as mudanças propostas pelo governo não passarem, a economia não reagirá. Esse cenário de instabilidade, segundo presidente da Câmara, fortalecerá Lula em 2018 contra qualquer outro candidato.

Talvez, o deputado até tenha razão, embora ele tenha sido mais preciso na quinta-feira, quando disse numa entrevista que “falta muito voto” para aprovar as alterações nas regras previdenciárias.


4 comentários

  1. CAÇADOR DE VERMES PETISTAS
    terça-feira, 5 de dezembro de 2017 – 13:10 hs

    Porem, maia esquecer que o responsável pela crise econômica é do vagabundo Lula e sua corja do PT.

  2. CAÇADOR DE VERMES PETISTAS
    terça-feira, 5 de dezembro de 2017 – 13:11 hs

    Ademais, LULA estará inelegível e PRESO até as próximas eleições. Relaxa Maia, relaxa.

  3. Uncle Joe 100
    terça-feira, 5 de dezembro de 2017 – 15:57 hs

    Só cego não vê, está mais do que na cara de que os donos da grana querem ver a reforma da Previdência aprovada, pelo menos no primeiro semestre de 2018. Se até lá ela não for aprovada não vão enfiar a mão no bolso porque sabem que, com o 51 voltamos ao passado e, como dizia o meu pai, o passado pertence ao diabo.

  4. Roberto rodrigues
    terça-feira, 5 de dezembro de 2017 – 22:46 hs

    Pessoal fake. Chega de asneiras.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*