Agora ou nunca | Fábio Campana

Agora ou nunca

Painel, Folha de S. Paulo

A saída de Antonio Imbassahy (PSDB-BA) da Secretaria de Governo fez com que deputados da base de Michel Temer estimulassem o peemedebista e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), a tentar colocar a reforma da Previdência em votação já na próxima semana.

Aliados de Temer argumentaram que, se o tema ficar para a semana do dia 18, é grande o risco de não haver quorum. Eles avaliam que o fim da novela Imbassahy no Planalto pode ajudar a virar votos, especialmente na bancada da Bahia.

Maia e Temer vão debater as condições de aprovação da reforma neste fim de semana.


2 comentários

  1. Robert Watson
    sábado, 9 de dezembro de 2017 – 9:35 hs

    Não cansam de repetir esse jargão surrado?
    Óbvio que isso não passa. Ninguém quer.
    É só manobra do Meirelles para posar de queridinho do mercado e receber dinheiro pra campanha para presidente.

  2. Palpiteiro
    sábado, 9 de dezembro de 2017 – 14:22 hs

    As grandes corporações do serviço público, os saprófitas do povo, são contra a reforma, apoiados pelo sindicalismo vagabundo, com seus tentáculos na grande imprensa. Essa gente vai falir o país.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*