Submarino argentino desaparece com 37 pessoas a bordo | Fábio Campana

Submarino argentino desaparece
com 37 pessoas a bordo

O submarino Ara San Juan desapareceu, com 37 pessoas a bordo, incluindo oito oficiais, na zona sul do mar argentino.
A Marinha disse sem dar mais detalhes, que fará uma declaração para relatar o que aconteceu.
Há a possibilidade de o submarino ter tido um problema de corte de energia e ter sofrido um incêndio devido à explosão de uma das linhas da bateria, mas as Forças Armadas da Argentina não confirmaram.
Fontes locais divulgaram que a última posição do submarino foi detectada 15 de novembro às 7h30 no auge de Puerto Madryn.
O submarino estava operando junto com outras unidades da frota marítima, em tarefas de controle da zona econômica exclusiva.
O ARA San Juan é foi fabricado na Alemanha, serve a Marinha Argentina desde 1985 e foi projetado para ataques contra forças de superfície, submarinos, tráfego comercial e operações de mineração.


Um comentário

  1. Uncle Joe
    sábado, 18 de novembro de 2017 – 17:59 hs

    Já sumiram 7 tripulantes, será que se jogaram no mar? Até hoje pela manhã os jornais argentinos diziam que 44 tripulantes, mas são jornais argentinos, eles gostam de exagerar as coisas.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*