Solto, Picciani pede licença da Alerj | Fábio Campana

Solto, Picciani pede licença da Alerj

O Globo

presidente da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), Jorge Picciani (PMDB), divulgou nota neste domingo para comunicar que vai tirar licença do mandato. Picciani, o ex-presidente da Alerj Paulo Melo e o líder do governo na Casa, Edson Albertassi, ambos do PMDB, tiveram a prisão decretada pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2), mas a ordem foi revogada pelos deputados estaduais na sexta-feira. No fim da tarde deste domingo, Albertassi também pediu licença de suas atividades. Os três deixaram a Cadeia Pública José Frederico Marques, a mesma onde está preso o ex-governador Sérgio Cabral, menos de duas horas depois da votação na Assembleia. Na prisão, o presidente da Alerj conversou com Cabral.

Leia a íntegra da nota:

“O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), deputado Jorge Picciani (PMDB), comunica que vai tirar licença de suas atividades parlamentares a partir desta terça-feira (21/11), e só deverá retornar à Alerj em fevereiro de 2018, após o recesso de janeiro.

A razão imediata é o fato de querer se dedicar à sua defesa e à do filho, que permanece preso, e à sobrevivência da empresa de 33 anos da família. A empresa teve a conta bloqueada pela Justiça – apesar que arcar com gastos fixos como salário de funcionários, impostos, veterinários e alimentação dos animais.

Sobre os movimentos em curso para que ele e os deputados Paulo Melo e Edson Albertassi sejam afastados do cargo, Picciani disse que aguarda a decisão com serenidade e, se for o caso, vai recorrer.

A licença de Jorge Picciani não será remunerada, por força do art. 56, caput, III, aplicável a Deputado Estadual devido ao art. 27, § 1°, ambos da Constituição Federal”.


Um comentário

  1. segunda-feira, 20 de novembro de 2017 – 9:13 hs

    FOI SE O TEMPO QUE: POLITICOS GORDOS E BARRIGUDOS, ORIUNDOS DE CASTAS DE SANGUESSUGAS, PODERIAM CONTAR COM A CONIVÊNCIA DE TODOS DO MESMO PODER.
    SE TOCAM BARRIGUDOS MOCRÉIAS!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*