Tornozeleiras para evitar superlotação de penitenciárias | Fábio Campana

Tornozeleiras para evitar
superlotação de penitenciárias

O secretário de Segurança Pública do Paraná, Wagner Mesquita, anunciou na manhã de hoje uma série de medidas para o sistema penitenciário no Estado com o objetivo de evitar a superlotação.
Entre as medidas, estão a aquisição de seis mil novas tornozeleiras eletrônicas, a construção de mais celas modulares de concreto e obras de construção e ampliação de presídios que devem abrir centenas de vagas para novos presos, as informações são do Bem Paraná.

“É um problema crônico que não só o Paraná, mas o Brasil inteiro, passa pelo problema de custódia de presos, seja em maior ou menor escala. Aqui no Paraná o problema é pontual. Nosso problema maior é a custódia de 9 mil presos por parte da Polícia Civil”, garantiu Mesquita. De acordo com o secretários, outros 30 mil presos estão sendo administrados pelo departamento penitenciário “de maneira correta”, garantindo que não há superlotação.

Cascavel

Mesquita também anunciou que serão investidos R$ 2 milhões na reforma da Penitenciária Estadual de Cascavel (PEC), que foi palco de recente de uma rebelião, que durou 43 horas e acabou com com um detento morto, três agentes penitenciários e 28 presos feridos, além de um detento morto. Segundo o Departamento Penitenciário do Paraná (Depen), 70% da penitenciária foi destruído durante o motim. Desde o fim da rebelião, os detentos estão abrigados em três pátios sob fiscalização de policiais militares e agentes do Serviço de Operações Especiais (SOE) do Depen.

(Foto: Reprodução/Catve)


4 comentários

  1. Toribio
    quinta-feira, 16 de novembro de 2017 – 14:43 hs

    Solucao pra super lotacao é soltar 6 mil criminosos? Esse governo é uma piada mesmo…

  2. Maquiavel
    quinta-feira, 16 de novembro de 2017 – 15:34 hs

    O que esperar deste tal Mesquita?

    Que idéia de girico…

    Soltar 6.000 criminosos sentenciados, em meio a enorme quantidade que permanece solta…

    Imagina se não fosse o secretario de segurança pública e delegado da policia

  3. Tonho
    quinta-feira, 16 de novembro de 2017 – 16:09 hs

    Tributar mercado de drogas e investir a arrecadação em educação social..Presídios lotados por vítimas desse mercado IMUNE de impostos.

  4. quinta-feira, 16 de novembro de 2017 – 19:21 hs

    ÉSSA É MAIS UMA SOLUÇÃO DE ARAQUE, QUEM ACREDITAR ESTÁ FERRADO. A PRÓXIMA VITIMA PODERÁ SER VC COM CERTEZA!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*