Para regulamentar supersalários | Fábio Campana

Para regulamentar supersalários

Emenda de Rubens Bueno propõe regulamentar salários acima de R$ 33,7 na saúde e educação

Depois do mais recente item para o triste anedotário nacional, envolvendo a ministra dos Direitos Humanos Luislinda Valois, a comissão especial que analisa o projeto que regulamenta o limite salarial dos servidores prepara uma proposta de emenda à Constituição para regulamentar as possibilidades de acúmulo de salários além do teto do funcionalismo público, de R$ 33,7 mil, quando há ocupação de diferentes cargos. A mudança constitucional também deve propor o fim das férias de 60 dias concedidas a membros do Judiciário e do Ministério Público.
Segundo o relator do projeto, o deputado Rubens Bueno, a PEC é necessária para contemplar decisão recente do Supremo Tribunal Federal, com repercussão geral, que prevê a incidência de mais de um teto remuneratório no caso de acumulação de vínculos com a administração pública. Na prática, isso legaliza o recebimento acima do limite de R$ 33,7 mil, que é o salário de um ministro do Supremo, as informações são do Estadão.
A PEC terá tramitação própria e independente do projeto de lei que regulamenta o teto salarial de servidores, que deve ser votado ainda neste ano, incluindo no limite uma série de “penduricalhos”.

(Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil)


3 comentários

  1. Jose Nascimento
    terça-feira, 7 de novembro de 2017 – 11:16 hs

    Meu caro Fábio Campana, para combater essa anarquia administrativa , e essas eleições caríssimas, para um Pais, que precisa de dinheiro sujo p/cobrir gastos. O único caminho e buscarmos a Monarquia, faça uma postagem sobre isso.

  2. Luizito
    terça-feira, 7 de novembro de 2017 – 11:34 hs

    Isso aí é uma verdgonha. Enquanto o salário mínimo é reduzido, os sevidores ficam sem reajute.
    Mas, a ministra bateu o pé e levantou a bola para a turma acertar a vida , dos juizes, do Ministério Públicos, deles mesmo no Congrresso e de todos aqueles que estão por aí copm os redutores salarias. Cambada de safados.
    Depois ainda dizem que a previdência está falidade, só para o povo, para eles nunca ficará.
    O general Mourão tem razão.

  3. Uncle Joe
    terça-feira, 7 de novembro de 2017 – 18:21 hs

    Coitado do Limpinho, se apoiar tal coisa não fará mais jus ao apelido, mudará para Sujinho.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*