Palocci quer adiar julgamento de habeas corpus | Fábio Campana

Palocci quer adiar julgamento de habeas corpus

A defesa de Antonio Palocci entrou com pedido no STF solicitando o adiamento do julgamento previsto para depois de amanhã, do pedido de liberdade do ex-ministro. Mas Palocci desistiu de deixar a carceragem? Óbvio que não. Os advogados de Palocci destacam que o ministro Ricardo Lewandowski está de licença médica e não deve participar da sessão de quinta-feira, o que pode afetar a decisão da Corte.
“Note-se ainda que a matéria afetada ao pleno é efetivamente objeto de divergência nesta Corte, de modo que a prudência recomenda que o exame do writ impetrado em favor do paciente Antônio Palocci Filho ocorra com todos os membros do tribunal presentes”, sustentam os advogados do ex-ministro. Ante o exposto, considerando-se que o ministro Ricardo Lewandowski, de acordo com a notícia jornalística, encontra-se de licença médica ao menos até o dia 26 do corrente mês, requer-se o adiamento do julgamento do presente habeas corpus até que a composição do tribunal esteja completa”, finaliza a defesa de Palocci.

(Foto: Rodolfo Buhrer/Reuters)


Um comentário

  1. jorge
    terça-feira, 21 de novembro de 2017 – 19:42 hs

    Os advogados sabem das coisas. Lewandowski tá mais pra advogado de defesa dos “cumpanhêros” do que magistrado

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*